Dicas para escrever: Bloqueio e Hora para escrever

sábado, 18 de março de 2017

Tinha quanto que eu não fazia um Dicas para Escrever aqui no blog? Uns bons meses, com certeza.
E dessa eu voltei e pretendo fazer com mais frequência sim, fiquem a vontade sugerir temas que vocês tenham dúvidas que eu anoto e falarei sobre.
Se você não viu as anteriores: Dicas 1Dicas 2Dicas 3Dicas 4 e Dicas 5 e Dicas 6.
Lembrando que são dicas e que elas não devem ser levadas como uma "regra universal", apenas algo para lhes dar um luz sobre o assunto e claro, vocês poderem estudar sobre depois.
Hoje são duas coisas, uma que assombra muitos autores e outra que acho que realmente todos os autores deveriam fazer: Bloqueio Criativo e Hora para Escrever.
Bora lá! =D

Bloqueio Criativo

Esse aqui atrapalha muita gente. Pega a gente de uma forma que não é capaz de ficarmos sem escrever uma palavra por dias.
Alias, quando a gente pede em grupos de fanfics para que as pessoas perguntem e tirem suas dúvidas, esta é uma pergunta recorrente: Como faço para sair do bloqueio?
E admito que chega a ser chato as pessoas perguntarem sobre isso o tempo todo. E sim, vou tirar de novo esta dúvida por aqui.
Primeira coisa: Não fica se obrigando a escrever, porque só vai acabar piorando a sua situação. Você vai se pressionar para algo sair e se sair, não vai ser lá essas coisas e depois você vai apagar tudo.
O maior conselho que eu dou é aceita o bloqueio, abraça ela. A criatividade tem hora que não flui. Tem dia que a gente não tá muito bem. Somos humanos, essas coisas acontecem mesmo. É normal! Não se desespera!
Como disse antes, se forçar é a pior coisa. Porque se travou, se deu tela azul, é porque você acabou sobrecarregando alguma coisa. Apenas descanse! Faça coisas que você gosta, como ler um livro, assistir um filme, uma série. Mas se desliga da ideia de escrever. Completamente!
Sabe a lei de Murphy? Pois é, ela age nessas horas.
Vou citar um exemplo de quando eu tive um bloqueio tenso e é até recente.
Eu gosto de jogar RPG e pretendia participar de um que é mestrado pelo namorado da minha amiga (Mari, lá do Café com Letra, admito). Eu tava com vontade de participar, mas nem sabia por onde começar a fazer a personagem, só tinha a ideia de que queria que ela fosse BR, já que maioria é tudo japonês, tendo em vista que a história é numa escola de delinquentes.
E ficaram os três - a amiga, o namorado dela e o meu também - me pressionando a fazer a personagem. E se tem outra coisa que me bloqueia é fazerem uma pressão em mim. (Já até contei no blog num texto, o Pressão por ser escritora.)
E tavam lá eles me forçando a ter uma ideia e montar um enredo, começando pelo caminho inverso do que eu faria, pela aparência. Buscando referências de personagem de anime para depois cuidar de dados que ao meu ver são mais importantes. Acabei ficando com uma personagem de Sket Dance e continuei sem ter a ideia do enredo. E eu tava nessa de "preciso ter uma ideia, eu preciso".
Eles foram embora e sabe quando fui ter uma ideia? Quando eu estava jantando com a família. E sabe o estalo? Foi um puta de um estalo! E em dois segundos tinha tudo na cabeça e só fui e escrevi depois. Mas só veio mesmo no momento mesmo em que eu parei e meio que esqueci.
Ter bloqueio é assim! (Alias, eu vou contar sobre essa personagem e as outras de RPG que já tive num outro post.)

Hora para escrever

E aqui entra uma dica que pode e muito também ajudar a evitar bloqueio: Separar uma hora para escrever. Essa é uma dica que vários autores dão. Separe um momento do seu dia apenas para escrever, como um compromisso seu com o seu livro/conto/etc.
É um exercício, você condiciona o seu cérebro a trabalhar no livro apenas naquele momento.
Você pode escolher a hora em que acha que a sua escrita flui melhor e isso varia de autor para autor. Pode ser de manhã, a noite, só escolhe um horário na sua agenda para tal.
Eu por exemplo fluo muito bem a noite, algo como 23h - 00h, e nas aulas da faculdade - tô falando sério. Não costumo escrever muito em casa a noite, só quando estou realmente necessitada de terminar alguma coisa, seja post do blog, um conto, ou um capítulo.
E juro que funciona, a coisa toda flui que é uma maravilha. Aqui em casa costuma ser muito barulhento o dia todo, só neste horário é que vão se arrumando para dormir e fica tudo quieto. Ai é aquilo: Ambiente quieta, cabeça barulhenta e borbulhando ideia. (Inclusive estou escrevendo este post num momento desses, com uma música da Nana Mizuki nos fones.)
Tem autores que falam para fazer isto uma hora por dia e para quem não tem costume é uma ótima para começar. Só que se não for possível todos os dias, por conta de trabalho, de estudos, por outras razões, use o horário do seu final de semana. Veja qual é melhor para você. Mas claro, nesse caso, tem que mais de uma hora, podem ser duas ou até três. Não necessariamente todas corridas, pode-se dividir também. Não tem via de regra! É questão só de se organizar. (Se organizar direito, todo mundo escreve, ou melhor, todo mundo é escrito.)
E o que isso tem a ver com bloqueio, Anelise?
Ao fazer isto você se condiciona a sempre escrever naquela hora e já é justamente a hora que você flui, sendo que depois dela você faz suas outras tarefas. Então tem um bom tempo de descanso e um tempo de trabalho. E o descanso evita que o bloqueio aconteça, o exercício diário também.
Só outra coisa: Peçam para não te incomodarem nesse momento, porque ninguém merece parente chamando quando se está no meio da frase importante e depois se perde na imensidão.

Bem, pessoal, essas foram as dicas de hoje. Espero que tenham gostado.
Foram um pouco diferentes do habitual, porque eu faço mais regra de português e não de coisas conceituais assim.
Até a próxima!

2 comentários :

Tamara Mansur disse...

Oláá! Tudo bem?
Gostei muito de ler sobre a sua experiência com o bloqueio. Eu estou num super bloqueio nesses dias.. Estou tentando não me importar muito com isso hahah
Mas realmente, não estou forçando.. Tento escrever outras coisas aleatórias e procurar inspiração.
Mas gostei do que falou sobre a hora de escrever. Eu achei que era bobagem, mas sabe que tenho feito isso e funciona super bem!! :D
beeijo

http://lecaferouge.blogspot.com.br/

Gislaine Oliveira disse...

Oiii, Ane. tudo????
Eu não dou muita bola para o bloqueio. Quero dizer, eu tenho, claro que tenho. Mas não fico bitolada, sabe? Deixo ele ali, me fazendo companhia hahhaha. Quando ele se entediar, vai embora :)
Eu já tive tempos em que tinha horário para escrever, mas às vezes o bloqueio aparecia nessas horas... Ou a preguiça mesmo kkkkk
Então confesso que eu não sou organizada. Eu escrevo quando a vontade vem. E daí as vezes passo a noite escrevendo e escrevo um livro em um mês. Mas às vezes não escrevo nada em meses, tipo agora que só escrevi A Vadia e desde lá só um conto hahahahah
Beijooos
http://profissao-escritor.blogspot.com.br