Vida de Míope (Vídeo)

quarta-feira, 22 de maio de 2019
Olá, pessoal! Como vão? Eu espero que bem!
Peço já perdão de antemão, porque eu estou um pouco ocupada com o trabalho e outras coisas. E só para não deixar vocês sem postagem, trago hoje, um vídeo até bem antigo do meu canal, que eu considero um dos melhores e mais divertidos: Vida de Míope.
Esse vídeo representa tanto a minha realidade que eu morro de rir contando e assistindo.
Deve ter uns três anos que gravei, mas é um vídeo muito divertido.
É isso, espero que gostem! Sábado voltamos a programação normal do blog.
Beijos!

Divulgação: O Diário da Escrava Amada - Projeto de Publicação no Catarse

sábado, 18 de maio de 2019

Olá, pessoal! Como vão?
Interrompendo um pouco a programação do blog para fazer uma divulgação.
Para quem não sabe, eu também sou escritora e publico algumas das minhas obras em plataformas online, como o Nyah Fanfiction, Wattpad e num blog próprio: Contos Anê Blog. Foi mais ou menos em 2012/2013 que comecei a publicar algumas dos meus livros online, mas escrevo desde antes disso.
Em 2013, comecei a minha primeira obra de gênero hot: O Diário da Escrava Amada. Foram cinco anos dedicados a essa obra, que finalmente concluí em Novembro do ano passado. E senti em mim que esse livro merecia ganhar uma versão física. Porém, eu não tinha como fazer, pelo menos até um mês atrás. Mas, com um trabalho, posso juntar uma grana de fazer o livro numa prensagem pequena. Só que uma outra vontade que tinha era fazer uma campanha de arredação para tal. Para os leitores entrarem de cabeça no projeto comigo.
Então, bolei o projeto do Catarse como um espécie de pré-venda. E quero muito realizar o sonho de ter meu livro solo em físico. (Vou realizar em dobro, junto com o JV1!)
A campanha começou no dia 16 de Maio e está com captação aberta, que deve ficar até final de Julho ou início de Agosto. Então, é a chance perfeita para adquirir, porque nem sei se vai ter mais depois, porque não vai ser barato.


Sinopse:
Se você fosse escolhida e vendida como uma escrava sexual?
Num futuro distante, crianças e adolescentes de classe pobre de uma cidade são obrigatoriamente exibidos e vendidos como escravos sexuais para a população mais rica.
Hirasawa Kazuko, que estava atingindo a maioridade e não precisar mais estar à venda acaba sendo comprada por Miyasaki Makoto. Em seus últimos momentos de liberdade, ela comprou algo para registrar sua experiência, em um diário. O tempo passou e o agora marido - ex-dono - de Kazuko encontrou o diário e começou a lê-lo, relembrando o passado de ambos e apenas assim ele vai conhecer muitos dos sentimentos que Kazuko confidenciou apenas para o tal diário.
   
(Capa ainda não concluída!)

Além do livro tem outras recompensas, que vão desde bottons, chaveiros, adesivos até outros livros, com o do JV1 até antologias que participei. E tem recompensa especial para os dez primeiros apoiadores. Os valores variam entre 15 e 80 reais e cada um desses dá uma recompensa diferente, só escolher o que mais lhe agrada.
O Catarse é um plataforma exclusiva para quem quer realizar e apoiar projetos. Ela é super segura e fácil de usar. E tem várias formas de pagamento, como boleto e cartão, além de poder dividir o valor em várias vezes.



Sobre o Livro: 
O livro será impresso no formato 16 x 23cm com orelhas de 6cm, em papel couche 250g, tendo cerca de 400 páginas, que serão feitos em papel amarelado (polén ou avena). Serão confeccionados 100 exemplares.
O livro conta com a ilustração da capa feita pelo ilustrador (e meu irmão) Elias Vaz.
Já a arte da capa e a diagramação ficarão por conta da Ge Banjamin da @gbeditorail (Tudo graças ao sorteio que ganhei na @revisao_etc96.)

A obra continuará em publicação nas plataformas digitais, com capítulos novos semanalmente. Então, quem não puder, vai conhecer o final da história. Mas vai dizer que o cheirinho da edição em papel não é muito melhor?


E eu fiz um vídeo todo bonitinho de divulgação do projeto, onde conto a Origem, a história, sobre o livros, as recompensas, tudo certinho. Além de ter o texto na página do projeto.
A data escolhida foi 16 de Maio por aniversário da nossa protagonista: Hirasawa Kazuko. (E também aniversário da Asami Imai, dreamcast dela.)
Então, aproveitem e tenham a Kazuko e Makoto na casa de vocês, num livrinho lindo e cheiroso.



O primeiro salário

terça-feira, 14 de maio de 2019
Eu nunca achei que este bendito dia chegaria. O dia em que finalmente me chamariam naquela entrevista de emprego e que eu seria contratada.
Não que nunca tenha trabalhado na vida, já estagiei diversas vezes, mas apenas pela experiência, nunca recebera um centavo sequer. Trabalhava e nem via cor de dinheiro.
Mas, ai, um belo tudo mudou. Duas faculdades depois, muito estudo e muito desespero e muita paciência também, finalmente chegou o dia.
Não o dia de começar o emprego. Isso foi cerca de um mês atrás. Mas sim, o primeiro pagamento.
A primeira vez que o seu salário vai cair na conta.
Eu já fiz uns freelas e ganhei um dinheiro com trabalho meu, livros inclusos, mas nunca vi o dinheiro de um trabalho formal cair na minha conta.
Mas, confesso que foi bem diferente e nem sei muito bem o que senti ainda. Acho que como vi o valor já na conta do banco, não tive muita noção do real tamanho da coisa.
Só vi um número grande e que nunca tinha recebido de uma vez até então. Eu ri e pensei comigo mesma: O que eu vou fazer com esse dinheiro todo?
É esquisito que eu nunca tive um dinheiro que é totalmente meu para gastar e agora nem sei com o que vou usá-lo. haha Bem, eu já tenho um destino para parte dele, já a outra, bem vou manter guardado por enquanto.
E pensar que talvez daqui um tempo esse dinheiro todo, que é muito, pode ser que não dê para nada.
Mas, é tudo questão de ponto de vista! Por enquanto, sem despesa alguma, por que não aprovietar e investir esse dinheiro em algum lugar? Sempre vale a pena!
Só que o importa é que agora todo mês eu vou ter o meu próprio dinheiro, que eu mesma trabalhei para ter. Ou seja, posso fazer (ou não fazer) o que quiser com ele!

(Sei que tô fazendo muito texto, mas a vida de labuta, apesar de cansativa, tem me inspirado)

Kyon #51: Administrar o tempo

sábado, 11 de maio de 2019
Olá, pessoal!
Kyon aqui. Como estão? Eu espero eu bem!
Tem um tempinho que não apareço por aqui, sei bem disso. Mas, sempre volto também.
Cá estou hoje para falar sobre uma coisa que acho que todo mundo acaba sofrendo, que é com a administração do tempo.
Tem dia que parece que precisamos de 36h num dia para conseguir fazer tudo. Ou se fosse possível fazer um jutsu clone das sombras e se transformar em alguns de nós, ia ser de grande ajuda.
Só que, infelizmente, é impossível fazer ambas as coisas. (Com o perdão do pleonasmo.)
O que se pode mesmo é ministrar melhor o tempo.
Bem, citando mais o caso da minha protegida, conhecida por vocês como dona deste blog.
O que acontece muito com ela é que ela quer fazer tudo e ao mesmo tempo. Ela tem um problema bem sério com focar em uma só coisa, porque ai se concentrando, se conclui mais rápido e se pode ir para outra. Mas, a bichinha é afobada! Não consegue fazer uma coisa de cada vez.
É igual pipoca. Estoura uma aqui, outra ali, mais um do outro lado.
Vai fazendo um pouco de cada vez. Ai faz um monte de coisa e não termina nada.
Eu tô aqui falando isso dela, mas ela sabe bem do que ela faz. Ela tem consciência do quanto isso é ruim e acaba até causando "muito perda de tempo".
Só que tem apenas uma pessoa que pode melhorar isso: ela mesma.
Só ela pode perceber e determinar o que prioridade e o que não é. E claro, usufruir do tempo de melhor maneira.
Bem, e agora com a mudança da rotina, o tempo para fazer as outras coisas diminuiu e também vieram as coisas do próprio trabalho. Então, isso também mudou toda a dinâmica da coisa.
Só que uma coisa é clara: vai ter uma hora que vai precisar descansar. Porque ninguém aguenta ficar o tempo todo "trabalhando".
E outra, aprender a se organizar é uma dadiva e habilidade que ela ainda não desenvolveu.
Enfim, seguimos nos acertos e erros e adaptações e arrumando tempo onde não tem.
Vou ficando por aqui hoje.
Beijos do Kyon!

Amigos até descer na estação

terça-feira, 7 de maio de 2019

Tem pouco tempo que comecei a ter a vida de trabalhadora assalariada. Sou do tipo sortuda que não precisa encarar a lata de sardinha todos os dias, apenas três vezes na semana. Mas, mesmo assim que eu passo perrengue. Tem dia que a apenas o atrito dos corpos apertados me mantém segura dentro trem. E nem vamos entrar nos detalhes de que eu sou baixinha e algumas vezes até desisto de esticar o braço para segurar na barra.
Sabe, o trem o lugar é um lugar engraçado. Eu já sabia disso desde mais nova, quando pegava o trem de vez em nunca. A começar pelo carinhosamente apelidado "Shopping trem", porque realmente tem horários que vira uma verdadeira fera e tem de tudo mesmo.
Eu geralmente pegava com minha mãe e percebia, às vezes, que ela acabava conversando com algumas pessoas. No auge dos meus 16 anos, achava aquilo bem besta. Tipo, você nem conhece essas pessoas, porque está conversando com elas? Contando tua vida toda pra elas? Ou parte dela?
Só que ai vem o karma e a gente paga do pior jeito: se tornando aquilo que a gente mais odiava. Nesse caso, a pessoa que faz amizade no trem.
Só que amizade de trem é uma coisa engraçada. Ela só dura aquele tempo que a gente está no perrengue junto. Alias, ela só acontece nos horários de pico.
São aquelas conversas á toa. Sobre o dia, para onde você vai, onde você trabalha, o calor, o trem cheio. É só para passar o tempo. Melhor do que ficar olhando para o teto, ou, no meu caso, para as costas das pessoas e não ter mesmo nada de mais útil para fazer.
A gente desabafa enquanto se equilibra no meio do sacolejar do trem. Arruma amigos de trem, daqueles que vamos nos despedir quando chegarmos ao nosso destino e talvez nem nos esbarremos mais. São tantos rostos, tantos dias, tantos trens. É impossível que os encontremos novamente e bem, tá tudo bem com isso. São coisas da vida!

Assistindo, Lendo, Etc... #21: Abril 2019

sábado, 4 de maio de 2019

Olá, pessoal! Como vão? Espero que bem!
Mais um mês começando e com ele trago mais um "Assistindo, Lendo, Etc...", como já sabido de vocês que acompanham aqui, é a atualização das minhas séries, filmes e livros - tanto lidos quanto escritos. Então, sem mais enrolação, bora lá!
Começando pelo filmes, que eu assisti até poucos!
Primeiro foi O Príncipe do Natal: O Casamento Real. Tinha saído em Dezembro e só vi agora. Bem, é uma continuação divertida e que nos faz revisitar os personagens que tanto gostado do primeiro filme. Eu não consigo parar de pensar que é muito inspirado em Um Príncipe em Minha Vida. Eles só colocam a temática de natal para não ficar tão na cara.
E reassisti a Descendentes 1 e 2. É uma nova proposta bem na moda atualmente, que é com os filhos dos personagens dos Contos de Fada. A Disney entrou na onda do Ever After High - que posso até fazer uma postagem sobre depois - e fez com seus filmes. Ambos os filmes são bons! Mas, são filmes par TV, então a qualidade é questionável, até porque o público-alvo são mais crianças e pré-adolescentes. Mas, tá aqui, a velha de 26 anos, louca cantando Ways to be Wicked. Quem tiver oportunidade, assista sim, é bem divertido!
E por último, assisti finalmente a Gatinhas e Gatões, até fiz uma postagem sobre esse filme, que é um clássico. Cês podem ver aqui!

 

Quanto as séries, tem bem mais.
Terminei de ver Memórias de Alhambra. E sério, eu amei muito esse dorama! Confesso que adoro esses com temática diferente e a proposta dele é bem isso mesmo. Quem puder assista!
Continuo a reassistir a Grey's Anatomy. Cheguei na temporada do acidente de avião, não tô preparada para ver de novo. Estou na Temporada 7, Episódio 8.
E agora estou acompanhando a nova temporada de Rupaul's Drag Race. Confesso que já tinha visto uma temporada ou outra. Mas ai, resolvi ver esse temporada e estou amando. Odiando mesmo só a Sliky, porque olha! Estou na Temporada 11, Episódio 9, que foi o último que saiu na Netflix, porque na TV é um na frente ainda. Mas, eu lido bem com spoiler.
E saiu a nova temporada de Samantha!, que também é um série nacional ótima da Netflix. Ela é bem BR e zoada. Adoro todos os personagens. Uma série que vejo para relaxar! Estou na Temporada 2, Episódio 6.
E admito que estou enrolando para ver a temporada de Santa Clarita Diet. Uma pena que essa série tão boa também tenha sido cancelada. Por que Netflix? Ai você continua umas séries bosta e as boas cancela. Enfim, estou na Temporada 3, Episódio 4.
E saiu a nova temporada da She-ra e as Princesas do Poder. Sério, foi uma das melhores coisas que inventaram de fazer. A animação melhor em 300x a história meio podre do desenho antigo. Admito que estou shippando a Scorpia com a Felina. Estou na Temporada 2, Episódio 5.
E por último, uma das séries que é um dos achados xodó na Netflix: Miss Fisher's Muder Misteries.
Era uma série que vi um episódio aqui e outro ali, mas num final de semana acabei puxando um episódio atrás do outro e terminei a temporada. É um série de detetive, mas que é super divertida. A protagonista faz a gente querer ver e os personagens secundários também. Todos são muito carismáticos! Alias, descobri que é baseado numa série de livros que depois vou procurar. Estou na Temporada 2, Episódio 1.


 

  


Quantos as músicas, tiveram algumas.
No início do mês saiu o novo Mini álbum do BLACKPINK: KILL THIS LOVE. Sinceramente, eu até gostei, mas não muito. Eu prefiro o Square Up, que foi o anterior. Eu só que é saber quando elas vão lançar um álbum completo. PORRA YG!
E ainda falando de k-pop, teve single digital do KARD: BOMB BOMB. Sério, essa música é maravilhosa! KARD é uma das melhores coisas que existe!
E já indo pra minhas Seiyuu-music. Saiu o single novo do seiyuu Shouta Aoi: Tone. Eu amei muito! Ele sempre faz singles bons, até as B-sides são boas. Shoutan está entre meus seiyuus masculinos favoritos.
E também saiu single de um unit nova, que é com o Terashima Takuma e Suzumura Kenichi: King & Rogueone. O single é muito bom! E eu já gosto deles separados, imagina juntos.
 



Indo pros livros. Acho que estou lendo pouco este ano. Eu entrei numa ressaca literária terrível e não consigo sair, ou melhor, estou saindo aos poucos.
Li o 2º volume de Pansy, que é uma história yaoi original que apoiei no catarse. Alias, já saiu resenha do segundo volume no blog: Resenha Pansy 2.
Terminei de ler Entre Vidas: Justine da Juliana Leite, eu só preciso fazer a resenha, que vai sair sem falta aqui no blog. Eu preciso é me organizar para gravar. Minha rotina deu uma mudada, então tô me acostumando ainda. Mas vai sair em vídeo e em texto. E posso dizer: Fechou maravilhosamente a saga!
E o livro atual é o Alvorada da autora Bia Carvalho. Não li muito ainda, mas estou gostando e muito curiosa. Nunca tinha lido nada da autora até então, mas já amei a escrita dela. Vai sair resenha no blog também.


E por último, porém não menos importante. Estou preparando os detalhes para lançar o Catarse do DEA este mês. Já tenho mais ou menos um noção do preço, porque pedi orçamentos.
Enfim, quando sair oficialmente, eu vou fazer um post todo bonitinho aqui de divulgação e tal.
Por enquanto, temos parte da ilustração, que é a foto ai em baixo, feita pelo irmão Elias Vaz.
A diagramação e capa dei uma sorte de ter ganho num sorteio. Então, nem tempo ou dinheiro vou gastar com isso. E tô numa onda de corte de gastos. Alias, acho que sempre fui assim!

Mas, eu contei com mais detalhes lá no Garota Zodíaco. Contei com mais detalhes inclusive sobre a maior novidade de todas: FINALMENTE ESTOU TRABALHANDO.
Finalmente tenho um trabalho para chamar de meu. E estou adorando a experiência. E vou contar melhor sobre isso no GZ também. Lá é mais blog diário do que aqui!
Vou ficando por aqui por hoje.
E vocês? O que assistiram ou leram no mês passado?
Comentem ai!
Até a próxima!

Por que eu tem mais Bullet Journal no blog?

terça-feira, 30 de abril de 2019
Olá, pessoal! Tudo bem? Eu espero que sim!
A postagem de hoje vai ser um pouco diferente, talvez porque eu queira dar uma explicação a vocês.
Vocês lembram que até o final do ano passado, sempre tinha postagem sobre meu bullet journal, que era um dos meus momentos de organização.
Infelizmente, era uma das coisas que até gostava de fazer, mas não via receber tanta visualização.
Admito que me preocupava em gravar para mostrar as ideias para páginas, para ajudar na minha própria organização e mostrar a vocês sobre.
Eu gostava muito no início, eu ficava animada de entrar o mês e fazer, preencher com os dados. Era bom saber os dias que gravei ou editei meus vídeos, por exemplo.
Realmente estava servindo para eu me organizar melhor. Ter noção do quanto escrevia e em que dias.
Nos meses do NaNoWriMo foi a a melhor coisa ver a tabela de escrita toda preenchida.
Só que com o tempo, eu fui desanimando. Diferente do que acontece na maioria das vezes, eu geralmente continuo com as coisas as quais me proponho a fazer.
Com o tempo, fazer os bullets ficou mais trabalhoso, porque eu queria fazer algo legal e que me animasse e fazer os vídeos também ficou trabalhoso. As vezes, era mais de 40 minutos gravando só para colocar acelerado num vídeo de 10 minutos.
Decidi colocar bimestralmente para evitar o flood desse tema no blog, mas mesmo assim, as views eram baixas.
Eu também não lembrava de preencher todos os dias. Algumas vezes eram dias sem preencher. Ou eu levava 10 dias para fazer o bullet do mês, só porque eu tinha que gravar.
Enfim, foi ficando cansativo e estava mais me atrapalhando do que me ajudando. Vide que eu sou uma pessoa que tenta organizar, mas a vida não deixa. Sempre minhas coisas são atropeladas por outras.
Então, por que não tem mais bullet journal no blog?
Por todos esses motivos que disse acima. E não são poucos!
Eu confesso que eu gostava e muito de fazer. Eu achava divertido! Até porque eu gostava de desenhar os detalhes, era quase terapêutico. Até separei um outro caderno maior para continuar quando o antigo e pequeno acabasse, mas ai desanimei.
Bem, quem sabe eu acabe voltando a fazer, mas sem ser com vídeo. Apenas as fotos!
Eu gosto de usar mais meu lado artístico e criativo em algo além da escrita. Adoro realmente pintar e desenhar, só não tenho coordenação motora para tal.
Quando for voltar, lhes aviso. Eu quero ainda ter mais organização nessa minha vida.
Mas, por ora, sem bullet journal.
Enfim, desculpem o post desabafo! No sábado voltamos a programação normal.