Resenha #25: Boy's Love

terça-feira, 21 de junho de 2016

Trazendo mais uma resenha para vocês. E como já indica o nome do livro: é yaoi. Eu gosto, me deixa!
Mas, deixe que eu fale mais dessa maravilha na resenha de hoje, quero surtar bastante nela. haha
Bora!

Sinopse: Quem escolhe por quem se apaixonar é o coração: não há razão, barreiras nem diferenças, pois amar está acima dos gêneros.
Nas páginas de Boy’s Love – Histórias de amor sem preconceito, o amor entre rapazes se apresenta em uma variedade de situações, sejam eles jovens ou homens feitos, magos, robôs, sobreviventes em sociedades distópicas, cientistas e até mesmo alienígenas.
Boy’s Love ou yaoi são apenas formas de descrever esse fenômeno que surgiu no Japão e conquistou o mundo. São histórias em que o romance está presente em todas as linhas, mas há também questionamentos importantes nas entrelinhas. Cada conto deixa uma marca: algumas vezes uma lágrima ou um sorriso; em outras, uma reflexão. Porém, nessa enorme e deliciosa mistura, há sempre o amor nas suas diversas nuances, podendo ser doce como uma torta de morangos ou picante, cheio de sedução e desejo.
Organizada e ilustrada por Tanko Chan, a antologia traz sensíveis histórias de Inês Montenegro, Marcia Souza, Fabio Baptista, Priscila Barone, Diego Umino-Hatake, Agatha Yukari, Rubem Cabral e Melissa de Sá.
Seja por atração, seja por um capricho do destino, as vidas desses rapazes estão ligadas por laços de afeição que vão superar barreiras sociais, conflitos e enormes distâncias para viverem juntos essa paixão. Prepare-se para sentir intensamente: sem medo, sem preconceito. Porque toda forma de amor deve ser celebrada.

Esse livro e o "sucessor" dele (que farei resenha depois) foram minhas alegrias da Bienal de 2015. Agradecimentos ao meu namorado que me mostrou. haha
Trata-se de uma antologia de contos com temática homossexual (como sempre falo aqui no blog: yaoi) que foi organizada pela Tanko Chan, dona do Blyme Yaoi.
No início do livro, temos o prefácio, explicando sobre o yaoi e o fujoshi e tudo o que engloba este universo, bem pincelado, mas que acaba com as dúvidas dos leigos e alegra e traz algo mais a quem já é fã.
O livro é um deleite para as fujoshis de carteirinha e uma boa pedida para quem quer conhecer o gênero. Vai agradar a ambos. Talvez alguns achem estranhos o uso de algumas coisas nas histórias, como a fantasia ou a relação extremamente descomplicada e em como os acontecimentos vão rápido, mas faz parte. Além de se tratarem de contos, é claro!
Com um total de nove contos, o livro é uma alegria a cada conto lido, que dá vontade de lê-lo novamente. São eles: A última troca; A floresta branca; Sobre ele; Reminiscência; A fabulosa receita de Yoshi Koga; Alma Mecânica; Além da fábrica; A última vez e Jaulas.
Todos os contos são muitos bons. Admito que de longe o meu favorito foi o Jaulas escrito pela própria Tanko Chan.
Teve uns dois que não gostei muito, ambos por causa do final. Achei um muito violento e sem sentido. O outro eu realmente não entendi. Juro!
Bem que eu queria falar de cada um dos contos aqui, mas eles são tão curtinhos que acabaria com a graça de cada um.
Mas amei os mistos de fantasia, magia, cyberpunk, viagem no tempo. Alguns dos contos me surpreenderam, tanto que eu terminei de ler sem nem acreditar no que tinha acontecido.
Sem contar com as artes dentro do livro, que foram feitas pela Tanko. É um desenho mais lindo que o outro e eles combinam bem com a história que ilustram. Eu amei o traço dela!
Sinceramente, era um livro que precisava existir para as fujoshis. Ele é muito bom! Com tudo o que mais gostamos, do jeito que gostamos. O melhor de tudo é que tem um segundo. hahaha
Não me arrependo de ter comprado e com certeza lerei cada um dos contos de novo, só para ter mais sangramento nasal ainda.

Espero que tenham gostado desta resenha. Em breve, resenha do Boy's Love 2!
Beijos!

1 comentários :

Gislaine Oliveira disse...

Oi Ane, tudo bem??? Cada vez mais estou gostando de histórias com essa temática, então claro que fiquei interessada :)
Sem falar que essa capa é muito linda né?
Beijooos
http://profissao-escritor.blogspot.com.br/