Resenha #33: Entre Vidas II - Lise

sábado, 24 de junho de 2017
Olá, pessoas!
Mais uma resenha aqui no blog e dessa vez de mais um livro nacional e claro, nosso vídeo de bônus.
O livro é Entre Vidas: Lise da autora Juliana Leite. Ele é continuação de Kiara, que também teve resenha no blog e vocês podem ler aqui.
Primeiro a sinopse e depois a resenha!


Sinopse: Lise é uma jovem que viveu sua vida sozinha roubando para sobreviver entre as ruas da Londres recém fundada pelos romanos. Sua vida muda completamente quando encontra dois rapazes que tenta enganar. Ela descobre suas origens, revisita seu remoto passado e tem que enfrentar as duras consequências de seus erros que poderão para sempre a afastar da possibilidade de viver o amor que vem em sua alma há séculos.
No segundo volume de Entre Vidas a filha favorita da Deusa terá que encontrar forças dentro de si para ajudar os celtas a conter o avanço dos romanos. E veremos como uma pessoa sem honra e assassina fria, pode se transformar numa heroína para seu povo.

O livro conta a história de Lise, uma garota que viveu toda a sua vida na cidade romana de Londinium. Ela não é uma flor que se cheire. Uma ladra nata, aprendeu a viver da pior forma, um dia de cada vez. Ela não tinha perspectiva de futuro, ela só se importava se conseguiria comer, dormir e sobreviver. Não era a sua culpa ser assim, foram suas experiências que a levaram para tal.
No começo do livro ela rouba o governador da cidade e sua filha, conseguindo fugir, vai para uma taverna e acaba se encontrando com dois homens do norte: Úrien e Nolan, que procuram uma pessoa com a descrição física de Lise. Os três acabam presos por razões de: Confusão. (Tipo Sessão da Tarde.) No fim das contas, eles fogem, deixando um "amigo" de Lise para trás.
Os três rumam par ao norte, já que Lise não pode mais ficar em Londinium. Mais um se junta a eles, Riley, enviado da Irlanda. (Acho que é lá!)
Úrien e Nolan procuravam por uma garota com a descrição física de Lise e que tivesse o medalhão para que ela fosse levada a aldeia e assumisse seu lugar de direito.
Quase no final desta viagem, eles encontram uma pequena tropa de romanos, os derrotam e deixam um vivo e o levam para aldeia. Só que Lise acaba libertando-o, com a promessa de ganhar cidadania romana, na noite de Yule. (O que acontece no Yule fica no Yule. haha Como falei no vídeo!)
Apesar de ter sido bem recebida, Lise foi egoísta e este seu ato levou a um ataque romano na vila, onde ela foi praticamente dizimada, sobrando poucas pessoas.
Ela é odiada por todos a partir dai e tem que fazer de tudo para mudar isso, cumprindo o destino que lhe foi programada. Ela é a união de dois povos e a líder de direito!
Cabe somente a Lise salvar os povos da invasão romana e preservar os últimos povos que cultuam a Deusa.
O livro segue com a aventura de Lise, Úrien, Nolan e Riley, em busca das pedras para proteger o povo do norte dos romanos. Indo, inclusive, parar num típico coliseu romano.
O mais legal do livro é ver o desenvolvimento de Lise como personagem. Ela não sabia nada sobre si mesma. De um dia para outro descobre uma família e um legado a cumprir. Não se acha capaz de realizar aquilo, sabe bem que não é uma boa pessoa, ela nunca foi. É isso o que é mais legal da personagem: Humana, com falhas e erros, querendo consertar.
Se Kiara era uma jovem de fé inabalável, Lise é uma jovem desacreditada, mais em Si do que na Deusa. Entra em contanto com toda uma cultura que desconhecia, visita, num flash, a sua vida passada (neste livro já entram os detalhes de reencarnação) e sabe tudo o que lhe aconteceu antes. Sabe que pessoas daquela vida estão junto dela também nesta.
É o livro de fantasia com treta de novela mexicana que a gente gosta. Úrien e Lise conseguem ser mais difíceis que Dárien e Kiara. Eita casalzinho também!
Admito ter ficado muito revoltada com uma morte perto do final do livro, mas ele me agradou por inteiro. Gosto mais da Lise do que a Kiara agora. Tecnicamente são a mesma pessoa, mas enfim, a cada vida a gente muda. E dá para perceber isso só por comparar as experiências de ambas as vidas.
E por favor, não leiam este livro com a cabeça no outro. A história é diferente e são personagens diferentes.
Adorei novamente as culturas mostradas e as etnias diferentes no livro. E claro, um ponto a mais por ter aparecido o Nero no livro.
Se você de fantasia, com romance, com reencarnação, é um pedida. Mais que recomendo!

Bem, pessoal esta foi a resenha escrita. Segue a que fiz em vídeo.
Até a próxima!


0 comentários :