Resenha #21: Entre Vidas I - Kiara

terça-feira, 9 de fevereiro de 2016

Hey, Minna-san! Anelise trazendo mais resenha para vocês. E dessa vez de doisa jeitos: uma escrita e em vídeo. Achei que esse livro merecia. =D
Enfim, o livro em questão é Entre Vidas I -  Kiara da autora Juliana Leite, que eu conheci na Bienal inclusive. (Post da Bienal)
Primeiro a sinopse e depois falo sobre. (Talvez repita algumas coisas do vídeo, mas ok!)

Sinopse: Kiara passou toda sua adolescência em Ávalon, estudando para se tornar uma sacerdotisa da grande Deusa. Porém, diante do assassinato de seus pais, ela se vê com uma imensa responsabilidade em seus ombros: ajudar seu irmão mais novo, Edímion, a governar Atlântida. Há mais de três mil anos a cidade era a joia do Mediterrâneo. Rica e próspera até despertar a cobiça dos atenienses. Quando a ilha é atacada novamente, Kiara se vê obrigada a buscar aliados, fazendo uma jornada das areias do Egito à Atenas e enfrentar personalidades poderosas. Com a ajuda de Leran, um encantador druida e de Dárien, um misterioso arqueiro.
Entre Vidas I nos levará em uma aventura magnífica entre mitologias e lendas perdidas. Uma história onde uma princesa terá que virar uma guerreira para salvar sua família, seu povo e o grande amor de sua existência.

O livro conta a história de Kiara, uma garota de 20 anos, com cabelos ruivos e olhos castanhos. A jovem estuda em Ávalon, que é uma "escola" para moças. Ela estuda lá para ser a Grã-Sacerdotisa de Atlântida e ajudar seu irmão Edímion a governar. Ainda faltavam dois anos para ela concluir seus estudos. Até que, em uma noite, sua mestra, Morgouse, a acorda e fala que ela tem que viajar para Atlântida imediatamente, porque ela sentiu que aconteceu algo lá. Não sabia o que era, só sabia que Edímion precisaria dela.
Após algumas semanas de viagem, Kiara chega a Atlântida e após ser confundida pelo general do exército atlante, Dárien, ela descobre que terá que cumprir sua função mais cedo do que esperava.
Seus pais, os governantes de Atlântida foram brutalmente assassinados durante uma invasão ateniense a ilha. E com a luta, a cidade perdeu muito soldados, sem contar a enorme seca que se instaurou.
Eles descobrem um traidor no conselho, Edímion foge para Atenas atás de sua amada. E os outros, para não morrerem, fogem para o Egito. Como tentativa de resgatar Edimion para reaver Atlântida.
Eis que rolam muitas tretas. É tanto coisa que acontece e acho que já contei demais a vocês.
A história consegue mesclar muito bem o romance, ação e a fantasia. Adorei a diversidade de nacionalidades dos personagens. Temos atlantes, gauleses, atenienses, egípcios e chineses.
Adorei também como diversas culturas também foram apresentadas.
E eu fiquei simplesmente apaixonada pelo casal Dárien e Kiara. Meta de relacionamento na vida! haha
Primeiramente, a Kiara se envolve com o Leran e parece sentir algo por ele, mas não acha que seja tão forte assim. E gente, quando ela descobre que tá apaixonada pelo Dárien... ME SEGURA ROSANA!
O livro tem uma leitura bem fluida, não cansa em momento nenhum. Com bastantes diálogos. Você só quer ler mais e mais!
Um ponto ruim do livro são os muitos erros de revisão. Deve ser por conta de que a própria autora fez a revisão, então acabou "passando" muita coisa.
Este é o primeiro livro de uma saga de quatro. E era uma original no Nyah Fanfiction que eu sempre quis ler. Nunca li e comprei o livro.
Nesse ainda não acontecem as coisas de reencarnação, a partir do próximo apenas. A história da Kiara é bem amarradinha, então o segundo livro (Lise) vai ter uma história complemente nova.
Enfim, super recomendo Kiara para vocês. Leiam e conheçam essa história!

E a resenha em vídeo, que acrescenta um pouco mais.
Beijos!

2 comentários :

juliana cordeiro disse...

Que lindo! Muito obrigada!!! Adorei sua resenha e que bom que gostou!!

(só que a revisão foi feita pela editora mesmo ;-;)

bjusssssssssssssssssssssssss

gih disse...

Oiii Ane, tudo bem???
Gostei de conhecer o livro =D E que bom que você gostou tanto. É tão bom isso né? Revisão e´um negócio complicado. A gente revisa, paga alguém, revisa de novo, paga outro alguém e ainda assim, algumas coisas escapam. Pena que neste caso, foram muitas coisas :(
Beijooos
http://profissao-escritor.blogspot.com.br/