Sobre o terrorismo dos últimos tempos

segunda-feira, 19 de janeiro de 2015
Uma postagem um pouco fora do que se costuma ler aqui no blog, mas eu gostaria muito de expressar a minha opinião sobre isso.
Obviamente, vocês sabem do ataque terrorista que aconteceu na França lá naquela jornal de sátiras (Charlie Hebdo) e mais os outros lugares que invadiram.
Vou me focar só no que ocorreu no jornal. Os motivos já devem saber, mas cito de novo. Foi porque o jornal fez diversas tirinhas zoando o profeta Maomé.
Eles realmente não tinham o direito de ir lá, invadir a redação do jornal e matar outras pessoas e ainda mais por um motivo tão banal!
Mas sabe o que é pior?
Depois do acontecido, muitas fotos de várias capas deste jornal apareceram no meu facebook. Até ai tudo bem, se não fossem os comentários vinculados a essas fotos.
Algumas das imagens mostravam as sátiras feitas ao cristianismo. Ai, acabou cutucando na ferida do povo!
Começaram a falar que eles mereciam morrer mesmo, eles não podiam fazer isso e bla bla, etc etc.
Gente, vamos parar de ser hipócritas?
Todo mundo entrou naquela comoção por conta do ataque e fazem isso agora. Só porque descobriram que eles também satirizaram Jesus e mais outras coisas.
Para quem não sabe é um jornal de sátiras e ele é feito justamente com o objetivo de zoar a tudo e todos! Isso é uma espécie de humor e deve ser entendido como tal.
Se isso te atingir pessoalmente, apenas ignore. Eles não estão fazendo mal a ninguém!
Mas, por favor, não diga que eles mereciam morrer porque "brincaram" com as suas crenças.
Ninguém merece morrer, mas todos nós iremos um dia né?
Você está fazendo tão mal quanto aqueles que os mataram ao dizer que foi uma "morte válida".
Então, por favor, entenda e pare de falar besteira. E ponha-se no seu lugar!
(Também tem como atualidade o cara que foi executado por tráfico, mas não quero falar sobre isso. Deixa para outra oportunidade.)
Desculpem, mas eu tinha que falar. Tava engasgado! Hipocrisia das pessoas reina no meu facebook!

4 comentários :

Francine Porfirio disse...

Acho digna a sua opinião, flor.
Infelizmente, todos temos um pouco de hipocrisia em nós. Mas concordo plenamente quando diz que ninguém merece morrer de modo violento. Eu sou contra a pena de morte e isso também gera muita comoção quando vemos casos de homícidio. Sou questionada quanto a minha posição, mas a verdade é que sou a favor de uma reforma penitenciária. Sei que o assunto é outro… Desculpe o parêntese que trouxe.
A questão principal, em minha opinião, sobre o jornal é que a liberdade de expressão tem sido fortemente confundida com a liberdade da ofensa. Não acho correto haver tirinhas e outras sátiras envolvendo crenças religiosas. Isso serve para quê? Além de incitar a xenofobia, não vejo qualquer outra serventia. Nem para favorecer a reflexão esse tipo de material serve!
É claro que não sou a favor do terrorismo, mas devo dizer que os jornalistas precisam garantir que todo e qualquer material veiculado serve para formar uma opinião pública. Se o seu material é excludente, ele agradará um determinado público e obterá apenas ódio de outro. Como esse ódio será manifestado? Aí é outra história…

Beijos, flor!
http://www.myqueenside.blogspot.com

Francine Porfirio disse...

Corrigindo:
...mas devo dizer que os jornalistas precisam garantir que todo e qualquer material veiculado SIRVA para formar uma opinião pública.

gih disse...

Oii Ane. Adorei saber a sua opinião e também gostei de saber a opinião da Fran. Particularmente, falar sobre religião não me ofende. Não sou religiosa. Não gosto de ver preconceito, mas n vi as tais tirinhas p debater sobre tal. Também concordo que ninguém deva morrer por tal. Facebook é uma coisa de louco né? Precisamos ver cada merda.
Mas tbm concordo que algumas pessoas confundam liberdade de expressão, com liberdade de ofensa.
São dois lados. Um, de gente que precisa ter mais bom senso e outro, de pessoas que precisam ser mais tolerantes. Beijoooos
http://profissao-escritor.blogspot.com.br/

Ricardo Biazotto disse...

Tem como curtir sua opinião várias vezes? haha
Sou católico e me surpreendi com a grande quantidade de pessoas que criticaram o jornal usando argumentos nada cristãos, por exemplo. Até concordo que é preciso ter respeito em relação alguns aspectos, mas o exagero, seja no humor, nas críticas ou nas opiniões já é um pouco lamentável. Infelizmente.

Beijos,
Ricardo - www.overshockblog.com.br