Kyon #34: Amizades virtuais e vazias?

sábado, 24 de fevereiro de 2018
Olá, pessoal! Kyon aqui de novo. 
Como vão? Eu espero que bem!
Cá estou eu trazendo um texto para vocês, de um pensamento que me acometeu nesses últimos dias. Bora lá!
(Foto Ilustrativa)

Amizades virtuais e vazias?

Depois do acontecido na Bienal 2017, choveram notificações de amizade no perfil da Anelise. Pulou de 500 amigos para mais de mil em apenas uma semana. Já, a página de autora ganhou apenas 1/5 disso! Só a título de curiosidade.
Ai eu pego pensando: O quanto as pessoas adicionam as nossas vidas, virtualmente falando?
Com a internet surgiu isso de adicionar a pessoa por adicionar, sem conhecer pessoalmente e só por ter um interesse em comum entre ambas as partes. Não estou dizendo que isso é ruim, é uma mudança na construção das relações. Nada de anormal!
Só que voltando ao bendito detalhe das curtidas e claro, os números da Minha protegida. Quantas dessas pessoas realmente interagem em suas postagens? E quando?
Pode parecer que não, mas acho que todo mundo presta meio que atenção nos tipos de publicação, seja texto, foto, vídeo, que nós compartilhamos e os "amigos" vão lá e interagem mesmo.
E ela percebe bem a diferença das postagens pessoais, para a das coisas que gosta - como animes, seiyuus e livro - e para quando ela fala do meio literário. Essa última que dá mais interação!
Ainda lembro da época da Bienal. Como aquela repercussão todo e ainda tem livros travados aqui e como o JV não vendeu nada? Fica o questionamento!
Talvez seja o algoritmo do facebook. Talvez seja talvez só o simples descer dos dedos na timeline e no meio de tantas coisas passar despercebido. Não estou tentando justificar o flop. Ele não se justifica!
Mas, voltando a linha de raciocínio... Sabe você estar rodeado de pessoas e ao mesmo tempo sozinho? Acho que isso que acontece até algumas vezes na internet. Sentir-se sozinho e falando sozinho, por motivos que até esta altura já devem ter entendido.
Ai, a gente percebe a superficialidade das relações na internet. 
Uma opinião diferente, alguma coisa que a gente só não quer ver, ou até a própria pessoa não interagir, vamos lá e excluímos. Simples assim! Com um clique e com uma frieza tamanha.
Enxurradas de entradas e saídas de amigos dos perfis, pelas mais variadas razões. Como se cada pessoa daquele fosse um produto que ao perder o uso e a utilidade é jogado fora.
Amizades virtuais e em alguns casos, tão vazias quanto o outro lado da tela.

E ai, pessoal? Gostaram do texto? Comentem ai o que acham!
Até a próxima!
Beijos do Kyon!

0 comentários :