Erros de Português....

segunda-feira, 5 de dezembro de 2011
As palavras fazem parte da nossa vida, isso é verdade!
E também cabe a nós saber usá-las. E tentar cometer o menor número de erros possível, a fim de que a mensagem que queremos passar seja compreendida.
E eu, como escritora, como estudante de letras e também do sangue Vaz...
Ao ver um erro de português, por mínino que seja, eu sinto um calafrio e um frio na espinha, como se estivesse sendo apunhalada pelas costas.
Sei que isso é exagero da minha parte, mas eu sou assim, o que eu posso fazer?
Ninguém é obrigado a saber todo o português e todas as regras dele. Nem eu sei tudo, admito!
Porém, acho que as pessoas deveriam saber o básico, pelo menos.
O que acontece é que trocam e acabam errando coisas bem simples, como: MAS e MAIS; AGENTE e A GENTE e outros...
E são palavras que usamos o tempo inteiro e insistem no erro. (Eu sou muito chata, eu sei.)
E nada que uma gramática ou um google não resolvam e tirem a dúvida.
E não é só na internet que vejo esses erros, uma pessoa da minha faculdade já errou isso.
Eu relevo mania de internet, pois eu também a uso. E acho abreviações válidas!
Mas, abreviar é uma coisa, escrever errado é outra completamente diferente.
Não sei o que causa isso e nem quero saber, deve ser bem pessoal do colégio ou não.
E repetindo, não estou querendo que saibam todas as regras, só sabiam bem as palavras que usamos com mais frequência, para que erros bobos desses não se tornem como o uso dessas palavras.

0 comentários :