Música #03: Nana Mizuki

sábado, 23 de setembro de 2017

Olá, pessoal e bem-vindos a mais uma postagem de música aqui no blog.
Continuando a linha j-pop e seiyuu, falarei hoje dela: Nana Mizuki.
Nana Kondo, que é seu nome verdadeiro, é cantora e dubladora japonesa, nascida em 21 de Janeiro de 1980. Desde pequena ela foi colocada por seus pais em aulas de música, especificamente a enka, um canto tradicional japonês. E foi através deste estilo que Nana aperfeiçoou sua voz.
Começou sua carreira como seiyuu em 1998, com a personagem Yamato Sora de Flint the Time Detective. Sua carreira na música começou em 2000, com o single Omoi.
Seu nome artístico é Nana Mizuki porque já existia outra cantora, relativamente famosa, que tinha o mesmo nome.
Nana se tornou a maior seiyuu do Japão, mais até do que a Megumi Hayashibara, na minha humilde opinião. Ela trouxe vários marcos para o meio seiyuu, por exemplo: Ser a primeira seiyuu a cantar no Kouhaku Utagassen, que é o especial de final de ano da NHK; Foi a primeira seiyuu a colocar álbuns e singles no 1º lugar do rank da Oricon; Foi a primeira seiyuu a realizar um show no Tokyo Dome, a maior arena do Japão.
Conheci a Nana em 2009, mais ou menos na época que estava entrando no universo musical japonês, com o álbum Ultimate Diamond (que foi o 1º lugar da Oricon).
E sinceramente, as minhas músicas favoritas da Nana estão inclusas neste álbum, como Trickster e Discotheque. (Que não estão no vídeo.)

Muitas de suas músicas fazem partes de animes, como Mahou Shoujo Lyrical NanohaSenki Zesshou Symphogear e White Album. Além de claro, Nana, ser conhecida como a voz de Hinata Hyuga de Naruto.
Na verdade, para mim, ela é mais do que essa personagem. Alias, qualquer seiyuu é mais do que os personagens que dubla.



Além de gostar muito do álbum Ultimate Diamond, o outro dela que gosto bastante é Supernal Liberty, que inclusive falei aqui no blog tem um tempão. Para mim, este álbum mostrou o maior potencial da Nana como cantora. Amo este álbum por completo, difícil dizer é a melhor parte dele. (Este foi o segundo álbum que ela botou no 1º lugar da Oricon.)

Acho complicado listar músicas favoritas dela, ainda mais depois que eu descobri o potencial vocal absurdo que essa mulher tem. Acredito que ela tem a melhor voz de todas, páreo duro com a Yuko Suzuhana da Wagakki Band, que também das enkas.
Existem compilados de lives da Nana, onde pegam várias perfomances diferentes da mesma música e juntam. Gente, é um coro maravilhoso de Nana Mizuki. Ela mantém o tom, o tempo, tudo. A voz dela ao vivo é igual ao estúdio.
A voz dessa mulher é um absurdo!
Uma pena que o talento dela está sendo um pouco desperdiçado por conta de músicas muito repetitivas e semelhantes. Elements Garden, que é uma das empresas que compõem muitas anisong, tá dando mais do mesmo para ela.
O melhor é ela apostar nas próprias composições, que já se mostraram maravilhosas!
Bem, pessoal, esse foi mais um post de música.
Espero que tenham gostado de conhecer um pouco mais sobre Nana Mizuki.
Até a próxima! Beijos!

0 comentários :