Kyon #20: Vamos falar sobre feminismo?

sábado, 8 de abril de 2017
Olá, pessoal. Kyon aqui e desta vez para falar sobre um assunto delicado: Feminismo.
Entendo como um assunto delicado, pois é realmente complicado falar deste tema. Sei que vai ter gente que vai dizer que “não é meu lugar de fala”, ainda mais eu sendo um personagem masculino.
Na minha humilde opinião, homens podem sim falar sobre feminismo, porém sem tomar o lugar de quem tem “conhecimento de causa” e o “direito de fala”, que são as mulheres.
Não quero discutir sobre isso também, mas podem ter certeza que a dona desse blog já falou muito sobre isto aqui e nunca tomei o espaço dela. Aliás, ela quem me deu espaço para falar aqui. Outra coisa: será sobre meu entendimento acerca deste tema, portanto, não levem o que eu disser como regra, ok?
Afinal, o que é Feminismo? Segundo fonte do Google:

1. doutrina que preconiza o aprimoramento e a ampliação do papel e dos direitos das mulheres na sociedade.
2. p.met. movimento que milita neste sentido.
3. p.ext. teoria que sustenta a igualdade política, social e econômica de ambos os sexos.
4. p.met. atividade organizada em favor dos direitos e interesses das mulheres.

E é exatamente o que esta escrito acima, se trata de um movimento que busca igualdade entre os gêneros, lutando por direitos que já existem para o outro e não para elas, falando de forma binária, mas acho que outros gêneros se incluem nisso.
Entendo igualdade como todos serem tratados de maneira igual. Mas nós temos diferenças, como a altura, por exemplo. Então ser tratado também respeitando estas diferenças  e dá-se a isso o nome de equidade.
Sim, sei também que existem várias vertentes deste movimento e que as lutas delas são diferentes entre si. Bons exemplos são o Intersec, Liberal e o Negro. (Tem esse vídeo que pode lhes esclarecer melhor sobre estas vertentes. Anelise me indicou!)


E, usando a dona deste blog como base, concordo com o que pensa. (Ainda haverá um vídeo sobre feminismo.)
Buscar igualdade de salários, de oportunidades. E infelizmente, muitas das lutas feministas têm seus problemas localizados no machismo. (Talvez seja um dos maiores males do mundo.) Colocar as tarefas de casa e de criação dos filhos nas costas da mulher. Culpabilizar a vítima se ela sofre algum assédio dizendo que “ela estava pedindo”. Até as cores das roupas e os brinquedos têm relação nisso. (É algo tão enraizado...)
Sem contar os direitos que elas já conquistaram como trabalhar e votar.
Então, sim, feminismo é importante não só para as mulheres, mas para toda a sociedade, especialmente outras minorias. É uma luta por evolução e evolução é o caminho!

1 comentários :

Gislaine Oliveira disse...

Oiii, Kyon, tudo bem?
Eu acho que o feminismo é assunto de todo mundo também. O local de fala é das mulheres? É. Mas quanto mais gente lutando por isso, melhor.
Eu não me considero de nenhuma vertente. Quando me perguntam de qual vertente eu sou, eu digo que sou da minha hhahaha. Mas acho que se eu tivesse que dizer alguma, estou mais para Intersec pelo que entendi. Minha luta é por todas as minorias. Minha luta é por tudo. Não quero só reformar nossos conceitos, quero colocar tudo abaixo mesmo e começar de novo ahhahah
Beijooos
http://profissao-escritor.blogspot.com.br/