Bloqueio de autora

terça-feira, 5 de julho de 2016

Todo autor tem esses momentos em que nenhuma frase consegue ser escrita sem ser apagada sem ao menos chegar ao seu fim. Ou até mesmo quando frase alguma consegue sair. Damos a isso o nome de bloqueio! 
Todo autor o enfrenta ou vai enfrentar um dia. O que pode causá-lo?
Depende de pessoa para pessoa. Pode ser um mal dia, um desanimo, ansiedade, entre muitas outras razões.
Nada sai, nenhuma ideia nova vem, nada acontece. Só surge uma frustração terrível de estar "preso" num bloqueio. Mas, na minha humilde opinião, acho que se forçar a escrever nesse período, que pode ser de alguns minutos até meses/anos, pode piorar a situação. Vai levar a uma exaustão desnecessária e uma frustração ainda maior.
O que eu aconselho quando me perguntam sobre é: Deixa o bloqueio para lá. Vai fazer qualquer outra coisa e que te inspire.
Ver um filme, ler um livro, sair para passear, ouvir música. Qualquer coisa que te tire do foco da escrita, que sirva para relaxar a sua mente, colocar tudo no lugar e as ideias e textos fluírem naturalmente,
Assim que eu lido com o meu bloqueio, abraço o momento e aproveito para fazer qualquer outra atividade, que me estimule, que me bote para cima e me dê novas ideias e a inspiração que se perdeu por conta de uma pressão que o autor pode colocar em si, mesmo que inconscientemente.

2 comentários :

Beatriz disse...

Eu já enfrentei o bloqueio criativo várias e várias vezes nos meus poucos 18 anos. O meu problema é que, quando estou em depressão, não consigo escrever e, muitas vezes, nem ler! É simplesmente horrível :/ Beijinhos, Beatriz.

www.odiariodeumaescritorainiciante.blogspot.com.br

Gislaine Oliveira disse...

Oi Lu, tudo bem????
Eu sou meio que como você. Não esquento não. Se as coisas não estão fluindo, vou fazer outra coisa, não fico dando bola para bloqueio nenhum. Sei que em algum momento, as coisas voltarão a seus devidos lugares :)
Beijooos
http://profissao-escritor.blogspot.com.br/