Resenha #24: Saga Encantadas

terça-feira, 26 de abril de 2016

Olá, pessoal! Finalmente trazendo mais um resenha para o blog e dessa vez em triplo.
Vou resenhar a Saga Encantadas, que eu comprei no ano passado, por um preço maravilhoso de promoção no submarino, e acabei lendo até que rápido. (Eu enrolo para ler!)
Farei o mesmo que fiz na resenha da Destemida, deixarei a sinopse e falarei de cada livro separado. =D
Bora lá!

Veneno - Livro 1
Sinopse: Sexy, sarcástico e de prender a respiração!
Para os fãs de Once Upon a Time e Grimm, Veneno é a prova de que contos de fadas são para adultos!
Não existe Felizes para sempre!
Você já pensou que uma rainha má tem seus motivos para agir como tal? E que princesas podem ser extremamente mimadas? E que príncipes não são encantados e reinos distantes também têm problemas reais? Então este livro é para você! Em Veneno, a autora Sarah Pinborough reconta a história de Branca de Neve de maneira sarcástica, madura e sem rodeios. Todos os personagens que nos cativaram por anos estão lá, mas seriam eles tão tolos quanto aparentam? Acompanhe a história de Branca de Neve e seu embate com a Rainha, sua madrasta. Você vai entender por que nem todos são só bons ou maus e que talvez o que seria um final feliz pode se tornar o pior dos pesadelos!
Veneno é o primeiro livro da trilogia Encantadas, e já é um best-seller inglês. Sarah Pinborough coloca os contos de fadas de ponta-cabeça e narra histórias surpreendentes que a Disney jamais ousaria contar. Com um realismo cínico e cenas fortes, o leitor será levado a questionar, finalmente, quem são os mocinhos e quem são os vilões dos livros de fantasia!
Palavra da editora:
Veneno é um livro tenro como uma maçã envenenada.
Belo como os vilões costumam ser.
Sarcástico como príncipes mimados.
E sem finais felizes porque já estamos bastante crescidinhos! (E, ainda assim, é um dos finais mais chocantes da ficção atual!)
Para fãs de séries de TV e histórias picantes e divertidas, Veneno é puro entretenimento!

Veneno é o primeiro livro da série e apresenta uma releitura (assim como toda a série) da história da Branca de Neve. Os elementos principais usados são os mesmos, mas acaba tendo algumas coisas diferentes.
Lilith é a madrasta de Branca e só um pouco mais velha. Ela também é uma bruxa, que faz as suas magias numa torre no castelo, que ela pediu para ser designada a isso.
A bruxa morre de inveja da juventude e inocência de Branca de neve, em como ela é amada pelo povo, diferente dela. Dá para sentir como a Lilith tem raiva da garota.
E no início do livro, ela é uma vilã digna, mas uma coisa que aprendi com essa série é que nada é o que parece ser.
O rei estava distante do rei, batalhando em um guerra.
E acontece tudo como no "clássico", a rainha manda o caçador (que é meu personagem favorito da série, junto com a Petra), que foi levado ao castelo por conta de ter matado um cervo branco, assassinar a garota e trazer-lhe o coração. Só que é claro, o caçador deixa Branca fugir, sem antes ter um momento de prazer com ela, assim como foi com a rainha. (Gente, ele é o pegador do livro!)
A menina foge para a casa dos anões, que são seus melhores amigos, e passa a viver lá escondida.
Lilith descobre a farsa do caçador o amaldiçoa, sendo um rato durante o dia e a noite, um homem. E passa a buscar a garota. Depois a Branca come a maçã e os anões lhe constroem um esquife.
Sim, um príncipe aparece e ele se apaixona perdidamente pela princesa.
A história desse livro é bem legal e terminou bem diferente do que eu esperava. Eu cheguei a gritar com o final dele.
A escrita do livro é super leve e contém cenas quentes na medida certa e elas fazem sentido dentro da história, então não fica algo saturado.
Claro que não dá para falar tanto sobre os detalhes do livro. Mas eu amei os anões, eles são uns amores, ainda mais o Sonhador. :3

Feitiço - Livro 2 
Sinopse: Cuidado com o que você deseja!
Para fãs de Once Upon a Time e Grimm, a série Encantadas prova que contos de fadas são para adultos!
Você se lembra da história da Cinderela, com sua linda fada madrinha, suas irmãs feias e um príncipe encantado? Então esqueça essa história, pois nesta releitura de Sarah Pinborough ninguém é o que parece. Em um reino próximo, a realeza anuncia um baile que encontrará uma noiva para o príncipe e parece que o desejo de Cinderela irá ganhar aliados peculiares para ser realizado. Contudo, não será fácil: ela não é a aposta de sua família para esse casamento real, e sua fada madrinha precisa de um favorzinho em troca de transformar essa pobre coitada em uma diva real. Enquanto isso, parece que Lilith não está muito contente com os últimos acontecimentos e, ao mesmo tempo em que seu reino parece sucumbir ao frio, ela resolve usar sua magia para satisfazer suas vontades.
Feitiço é o segundo volume da trilogia iniciada com Veneno, um best-seller inglês clássico e moderno ao mesmo tempo em que recria as personagens mais famosas dos irmãos Grimm com personalidade forte, uma queda por aventuras e, eventualmente, uma sina por encrencas. Princesas, rainhas, reis, caçadores e criaturas da floresta: não acredite na inocência de nenhum deles!
Palavra da editora:
Nada é o que parece no segundo volume da saga encantadas! Em Feitiço, Cinderela, com seu desejo desmensurado de fazer parte da realeza, fará
qualquer coisa para obter atenção do príncipe. Mas seria mesmo este um final feliz?

Feitiço é o segundo livo da série e tem a releitura da história da Cinderela dessa vez.
Cinderela é uma garota de família humilde e que tem o sonho de visitar o castelo. Eis que aparece a chance que tanto ela e muitas outras jovens queriam: Um baile onde o príncipe escolherá a sua noiva.
Cinderela assisti a preparação de sua meia irmã e madrasta para o baile. Mas a garota não saberia como se portar na corte, nunca viveu lá, diferente das outras duas.
Ai que entra um elemento que junta os dois livros, que é justamente o seu maior desejo sendo atendido por uma fada madrinha junto com um ratinho. Claro, esse é só um dos elementos que unem ambas as histórias, tem bem mais coisa. Cinderela ganha suas roupas de bailes através de duas nozes, já que foram duas noite de baile e junto com os sapatos encantados, ela tinha tudo para encantar o príncipe.
Mas, havia um condição, se ela conseguisse morar no castelo deveria procurar o que o jovem escondia em uma das torres do castelo. Aquilo era de interesse de sua fada madrinha!
E como na história original, ela encontra com o monarca e ocorre um encanto entre os dois. No final, ela perde o sapatinho e depois uns dias é encontrada através da prova feita de casa em casa.
Toda a sua família se muda para o palácio. Só que as coisas não correm muito bem, a química que aconteceu entre ela e o príncipe era por conta dos sapatinhos. Eles não tinham nada em comum, tanto que a sua irmã Rose tinha mais assunto com ele.
E posso afirmar que este consegue ser até melhor que o primeiro. A gente fica ansioso para saber o que vai se seguir. Os personagens secundários são bem legais, destaque para o Buttons, o melhor amigo da Cinderela. Esqueci de dizer que a garota aqui é ruiva viu?
E o final nos surpreende ainda mais. Ainda mais porque surgem dois casais muito amorzinho da vida! E o nosso real vilão continua sendo um belo de um FDP. 

Poder - Livro 3
Sinopse: Acordar uma princesa pode ser letal.
Para fãs de Once Upon a Time e Grimm, a série Encantadas prova que contos de fadas são para adultos!
Quando um príncipe mimado é enviado pelo seu pai para tentar desvendar os mistérios de um reino perdido, ninguém imagina os perigos que ele encontrará pela frente! Acompanhado da figura sóbria e sagaz do Caçador e de Petra, uma jovem valente que possui uma ligação muito forte com a floresta, o príncipe acaba encontrando um reino adormecido por uma estranha magia. Todos os seres vivos foram cercados pela densa mata e estão dormindo, em um sono pesado demais, que só poderia vir da magia. Mas que tipo de bruxaria assolaria uma cidade inteira e seus habitantes? E, principalmente, quem faria mal a uma jovem rainha tão boa e tão bela? A não ser, claro, que os olhos não percebam o que um coração cruel pode esconder...
Poder é o terceiro volume da trilogia Encantadas, e traz como história principal o conto da Bela Adormecida. Porém, esqueça os clichês tradicionais e se entregue a uma nova visão dos contos de fadas, em que heróis e anti-heróis precisam se unir para não perecerem à beleza superficial de princesas e rainhas egocêntricas e aos príncipes em busca de aventuras.

Poder é o terceiro e último livro da série. Ele mistura algumas histórias de contos de fadas, dando mais enfase a Bela Adormecida e A Bela e a Fera.
E na linha histórica, você logo percebe que esse se passa antes dos dois anteriores e temos mais destaque ao caçador. haha
Também temos a nossa Chapeuzinho Vermelho, a Petra. E também temos o lobo!
A história começa com o príncipe e o caçador indo em busca de alguma aventura para o primeiro. Porque, sendo seu pai, ele precisa de algo assim antes de assumir o trono. O garoto é meio inútil, então o caçador vai junto para impedir que ele morra na jornada. Próximo a um local com um muro mágico de árvores, eles encontram Petra, que vive com a avó e decidem atravessar aquele muro.
Eles encontram uma cidade totalmente morta, com pessoas como estátuas, nas casas, nas ruas e no castelo. E lá dorme uma princesa que estava sangrando pelo dedo, gota a gota. Claro que o príncipe não resistiu e beijou-a, acordando-a junto com o reino inteiro.
Então eles descobrem tudo o que acontecia ali. É muita treta gente!
A princesa é amaldiçoada e tem um fera vivendo dentro dela, que aparece sempre que tem vontade e o único aviso é um sino que toca atrás de uma porta que a fera sempre passa ao "despertar".
E um duende chamado Rumpelstilkin foi o responsável por colocá-la para dormir por cem anos, sangrando gota a gota até morrer.
Algumas partes da história são simplesmente assustadoras de tão pesadas.
E essa de longe é a melhor história da Saga, por conta dos personagens e pela mistura de diversos contos de fadas em um livro só, o que é uma evolução em relação aos outros.
Ela consegue encerrar colocando tudo em seu devido lugar e a gente entende as razões dos personagens que aparecem nos outros, no caso só o Caçador e o Príncipe.
Saga maravilhosa! Acabei de ler surtando e apaixonada!
A autora caprichou!

Bem, pessoal! Essa foi a resenha tripla de hoje. Nessas resenhas de vários livros assim que eu percebo que eu falo até pouco quando resenho. Mas, espero que tenham gostado e queiram ler.
Até a próxima!

2 comentários :

Ricardo Biazotto disse...

Gosto muito da ideia dessa trilogia e curti principalmente algumas ousadias da autora, como os finais de "Veneno" (tive quase a mesma reação. kk) e "Feitiço". Como você disse em relação as cenas quentes, tudo fez muito sentido dentro da história e isso faz uma diferença enorme em livros como esse. Pode não ser uma trilogia perfeita, mas é muito legal. Dá pra passar horas agradáveis. ;)

Beijos,
Ricardo - www.overshockblog.com.br

Gislaine Oliveira disse...

Oiiiii Ane, tudo bem????
Eu só li o primeiro livro por enquanto e adorei :) Quero muito ler os outros, mas preciso terminar os que estou lendo no momento ;p
O final do primeiro foi muito surpreendente e me deixou de boca aberta :3 E sabe que eu fiquei com muita pena foi da Madrasta :3 e odiei a Branca de Neve :P E o mesmo está acontecendo com a série que estou vendo na netflix hehehhe
beijooos
http://profissao-escritor.blogspot.com.br/