10 Coisas que odeio em você

terça-feira, 12 de abril de 2016

Vamos falar de mais um filme hoje? VAMOS SIM!
Esse filme é até bastante conhecido eu diria: 10 coisas que odeio em você. (O traduzido é igual ao original. Milagre! Porque eles botam um nome sem noção algumas vezes.)
O filme começa com Cameron chegando a uma escola nova e ele fica afim de Bianca. Só que a menina tem uma irmã que nunca, mas nunca namoraria ninguém. Bianca só poderia namorar se a irmã Kat namorasse primeiro, segundo o que o pai delas disse.
Então, Cameron, malandramente, convence um dos garotos populares da escola a pagara alguém para sair com a Kat, assim ele poderia sair com Bianca. Usando o pagador de trouxa!
Eis que Patrick é escolhido como sortudo para sair com a Megera. ahaha
Sim, é uma versão moderna de A Megera Domada do Shakespeare. E sabe, o filme é muito bom e divertido. Conseguiram transformar a história algo adolescente e fui muito bom.
A gente começa a gostar do casal Kat e Patrick logo de cara. E o rapaz só sai com ela pelo dinheiro mesmo, pelo menos no começo. Conforme ele vão conversando e se conhecendo, ele percebe que ela é uma garota incrível e que usa essa fachada agressiva por conta de muitas outras coisas. (Uma clara Tsundere da vida. Eu disse que ela!)
O filme é aquele típico para adolescentes mesmo, mas ele tem tantos quotes legais e que o povo uso no tumblr até hoje.
Só não ousaria dizer que é um filme que passa uma grande lição de moral, nem nada do tipo. É um filme para uma tarde tediosa sim, mas quando você quer assistir algo divertido e que provavelmente vai repetir a dose.
Temos personagens carismáticos e com uma carga razoável de problemas, a Kat acho que é a que mais esconde, mas mais pelo bem da irmã, do que qualquer outra coisa.
E vale ressaltar as músicas usadas no filme. Gente, como eu adoro esse estilo de música.
Super Recomendo esse filme!
E ele é tão aclamado que até virou uma série uns anos depois. Mas, sobre essa não posso opinar, pois nunca vi.

3 comentários :

Gislaine Oliveira disse...

Oiii Ane, tudo bem???
Eu fui conhecer esse filme faz pouco tempo.
Tinha postado um texto no face, parecido com o título. Era algo assim "odeio como você sempre tinha as palavras certas.... odeio como você me fazia sorrir nos piores momentos... odeio ... odeio... mas odeio principalmente não conseguir te esquecer/odiar" enfim, não lembro, mas deve ter no blog postado. E muita gente perguntou se era baseado neste filme. Não era. Era baseado no meu ex namorado. Que aliás, agora nem quero mais odiar, quero nada hahahha. Mas aí fui ver o filme ( e a história não tinha nada a ver com a minha, mas enfim hahahah) e adorei.
O filme é uma gracinha e acho o Patrick tão, mas tããããão lindo =D
Beijooos
http://profissao-escritor.blogspot.com.br/

Beatriz disse...

Oii, Ane! Amo esse filme muito mais do que o clássico em si de Shakespeare. O final do filme me fez ficar feliz sobre os personagens, enquanto a obra original traz uma vaga noção machista que me irrita. Eu também nunca assisti a série, tinha até me esquecido que ela tinha sido feita. Espero algum dia poder assistir os episódios! Beijinhos, Beatriz.

www.odiariodeumaescritorainiciante.blogspot.com.br

Ricardo Biazotto disse...

Ouvi falar sobre o filme várias, mas nunca pensei que poderia ser uma versão da obra shakesperiana. Curti saber dessa informação, foi uma ingrediente a mais pra curiosidade. hehe Costumo gostar de filmes do gênero, então tenho quase certeza de que vou gostar também desse. Vou procurar assistir. ;)

Beijos,
Ricardo - www.overshockblog.com.br