Dororo

terça-feira, 30 de junho de 2015

Lá vou eu falar de um filme asiático que vi tem uns anos: Dororo.
O filme é de 2006, mas eu gosto dele até hoje, tanto que já vi de novo algumas vezes.
E obviamente, é baseado em mangá de mesmo nome e que eu nunca li.
A história começa com um Lorde, que depois de uma batalha, vai a um templo (acho que é um) e pede ajuda de 48 demônios para vencer a guerra e salvar o seu clã. Os demônios pedem um pagamento e o Lorde oferece as partes do corpo de seu filho que está para nascer.
A criança acaba nascendo totalmente esquisita, um cotoco, como dizem. Sem braços, pernas, olhos e mais outras partes do corpo. E ela acaba sendo jogada "fora" no rio. Uma coisa bem Moíses, desce o rio em uma cesta. Um curandeiro encontra o bebê e resolve criá-lo como filho. Ele faz algumas experiências e as faz na crianças, enquanto ela cresce. E sim, o nome da criança da Dororo.
O curandeiro usa partes de cadáveres para construir um corpo para o garoto. E também o ensina a lutar e se movimentar com todas as limitações que ele tem.
Anos mais tarde, Dororo acaba sabendo da história dos demônios e sai em busca de vingança e de seu corpo de volta. No meio desse caminho, ele encontra uma ladra que passa a acompanhá-lo em sua vingança. Essa menina da a veia cômica da história.
Dororo é um filme bastante fantasioso, mas é muito divertido e bom de assistir. Você torce para que o ele recupere logo as partes do corpo e se torne "completo".
Uma das coisas mais legais do filme é você ver a descoberta que ele tem a cada parte devolvida. Ainda mais quando é o coração. :3
Os efeitos do filme não são lá essas coisas, mas a gente releva porque o filme é bem legal em muitos outros pontos.
Não vou ficar falando mais muito coisa, não quero dar spoiler. Dororo é um ótimo filme! E tem uma raridade nele: Ele tem dublado! haha Mais um ponto a favor para ver.
Uma pena que o filme acabou ficando com uma pegada para continuar, mas não saiu uma segunda parte. =(



2 comentários :

gih disse...

Oii Ane, tudo bem???
Não conhecia o filme (pra variar) , mas gostei da proposta dele.
E que bom que tem dublado, o marido aqui tem horror a ver filme legendado e ele ia gostar bastante deste. Vou anotar a dica, quem sabe em uma próxima sessão pipoca???? kkkk
Beijooos
http://profissao-escritor.blogspot.com.br/

Francine Porfirio disse...

QUE HISTÓRIA FOI ESSA!? Hahaha. Menina, muito louco esse filme. Gostei e vou anotar a dica. Faz tempo que quero assistir a algo oriental, mas não tenho tempo para ver o que há de novo. Esse filme me interessou – adoro esse lance de demônios na cultura japonesa.

Beijos, flor!
http://www.myqueenside.blogspot.com