Mutsu Ike: a prova do que um sonho estranho te leva a fazer

segunda-feira, 23 de julho de 2012

Vamos falar sobre a minha sexta história: Mutsu Ike.
Eu gosto muito da história do Ike, assim como todas as outras.  Mas o jeito como ela surgiu é um tanto engraçado!
Um belo dia, eu fui dormir como sempre. Eu já sou uma pessoa que tem tendência a ter sonhos estranhos e neste não foi diferente. Por um outro lado, além da escala do estranho.
Foi exatamente assim: Um robô grávida e assim que o filho dela nascesse, ela morreria. E foi isso que aconteceu no final: Ela morreu!
E sim, a minha mente é um lugar muito maluco. É difícil lidar com ela!
Esse foi só o estopim para eu criar a história.
A base mesmo foi a coisa de: as mulheres tem filhos e morrem.
Mas a causa da morte delas é uma doença. As mulheres acabam morrendo porque uma coisa no sangue dos filho faz isso. Esse mundo procura uma cura, mas em vão.
Existe um casal que faz pesquisas para tentar encontrar essa cura, mas nunca conseguiram cobaia alguma para testar as teorias. 
Então aparece uma jovem que quer ajudá-los, porém sua história até chegar é longa.
Ele faz um tratamento, baseado em uma das teorias do casa, seu filho Mutsu Ike nasce e ela morre um mês depois. O récem-orfão fica aos cuidados do casal e acaba por viver na ideia da cura.
Sua mãe lhe deu a missão de encontrar a cura, que está em uma garota humana. Ela vê o futuro!
E daí se desenrola.
Acreditar que foi um sonho que me fez criar esse mundo todo.
Isso é ser muito Anelise, sinceramente. Sem contar o meu histórico de cinco histórias antes desta.
Eu espero que Ike consiga encontrar a cura e salvar todas as mulheres de seu mundo.

0 comentários :