Caderninho do pensamentos aleatórios

quarta-feira, 30 de abril de 2014

É tão bom sempre manter um caderno na sua bolsa e sempre levá-lo com você a qualquer lugar.
Eu não estranho que na rua, que é tão agitada, meus pesamentos se agitem também. São nessas horas que eu tenho boas ideias. E de nenhuma forma eu quero deixar que o se surge na minha cabeça se vá na mesma velocidade que veio. Então pego o caderninho e anota de forma bem simples, para que eu possa com uma simples frase religar aquele pensamento e poder usá-lo mais tarde.
Pode ser que eu queria escrever algo apenas para desabafar. O caderno se torna a "pessoa" mais próxima para poder contar e explicar o que sinto.
E não precisa ser escrito de uma forma tão certinha e tão bonitinha. É um caderno para escrever, escrever o que der na telha, o que der vontade.
É um caderno para jogar as coisas e ao mesmo tempo arrumar a cabeça!

1 comentários :

Francine Porfirio disse...

Oi, Ane-flor!
Eu adoro cadernos para anotar ideias e organizar compromissos. Cadernetas são as minhas preferidas para isso… Há uma mais linda que a outra e por vezes, depois de comprá-las, tenho dificuldade de usá-las – porque são lindas demais (rs).
Eu me identifiquei totalmente com este post, haha.
Beijos, linda!

http://www.myqueenside.blogspot.com