Okami

quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

Eu não sou uma garota normal, isso é verdade.
Eu também curto vídeo game e ficar vendo reviews de diversos jogos. E eu jogo muito mal.
Eu vou falar sobre um jogo que é apaixonante. O nome dele é Okami.
A princípio eu tinha visto apenas um demo que eu tenho em cd aqui pro PS2. Eu achei o jogo com o traço muito estranho.
Depois de um tempo, acabei vendo uma review dele, quando estavam relançando pro Wii. E descobri o porquê daquele traço, era pra parecer um pergaminho. Ao ver aquela review fiquei com uma vontade imensa de jogar e quando comprei foi festa.
Okami é um jogo que vale a pena jogar, tem uma história ótima e aquela ação de ter que matar o "chefão".
Vou falar um pouco da história...
O Japão parece que está sendo dominado pelo poder sombrio de Orochi(Quem lembrou do KOF?) de novo e eles precisam evitar isso. Então Sakuya, uma deusa da natureza, na vila de Kamiki, "ressucita" a lenda que os salvou de Orochi da última vez. Seu nome antigo era Shiranui. Mas o que surge é um loba branco com desenhos laranjas no corpo, seu nome é Amaterasu.
Eu esqueci do pobre Issun, que ajuda Amaterasu nessa aventura e vira a aventura dos dois.
Eles tem que aprender as 13 técnicas da tinta mágica e derrotar o Orochi.
Mas o jogo não acaba no Orochi, tem bem mais história pra frente.
Você praticamente cruza a Japão inteiro pra isso. Mas é bem divertido!
Não falo que é um jogo pra criança, pois tem morte e monstros e a história não é bobinha assim.
E quando você escuta os créditos finais do jogo, dá é vontade de jogar de novo.
Nem preciso dizer que meus dois personagens preferidos são os protagonistas: Amaterasu e Issun.
Alias, o Issun é minusculo e achei ele muito kawaii quando o vi mais de perto.
E pra sentido de tradução, Okami significa "pai/mãe de todos os deuses".

0 comentários :