Vandread

terça-feira, 4 de fevereiro de 2014

Vamos falar de anime porque é sempre bom! haha
E sobre um anime que eu estava querendo ver há tempo, meu namorado me falava dele direto. Sempre tive curiosidade e acabei vendo, melhor dizendo, eu enrolei para ver. Se tem uma coisa que faço bem é demorar a ver anime, mas eu pelo menos terminei.
Teve um dia que eu disse: Chega! Terminarei ele hoje.
O anime em questão é Vandread.
Ele se passa num universo futurista onde a Terra já toda ferrada e os humanos também, decidem fazer um processo de colonização. Mandaram naves para outros lugares para que a espécie não fosse extinta.
Eles se espalharam por diversos outros planetas, incluindo os planetas rivais: Tarak e Mejer.
Um planeta é exclusivamente masculino (Tarak) e o outro feminino. Eles vivem em uma eterna guerra.
O anime começa quando uma dessas antigas naves de colonização, que Tarak transformou para outra função, é roubada por um grupo de mulheres, que estão mais para piratas.
Maioria dos homens conseguiram fugir, mas três foram capturados. Esses três passaram a viver na nave com as outras mulheres.
O que esse anime tem de ação também tem de engraçado. Porque com o tempo em que os dois gêneros deixaram de viver juntos (tipo, uns 100 anos), eles desconhecem algumas coisas um do outro. Então surgem vários comentários, por exemplo:
-Você sabia que os homens tem uma coisa no meio das pernas?
-O quê? Como assim? Como será que ele conseguem andar?
Ou mais ou menos isso.
Outra coisa engraçada do anime é você perceber que os comportamentos dos gêneros são totalmente verdadeiros. Muitas vezes me peguei rindo com as atitudes das mulheres.
Outra coisa que interessantíssima do anime é que eles são heterofóbicos. Eles estranham o fato de mulheres e homens construírem uma família. Acabam descobrindo isso nos objetos antigos e perdidos dentro da nave.
Eles encara relações homo como algo normal. E como eles se reproduzem?
Bem, os homens se clonam. As mulheres usam uma outra mulher como um pai (Onma, pelo que elas falar.) e engravidam.
E como todo anime tem o casal principal que torcemos para ficar juntos no final, no caso desse: Hibiki e Dita.
O anime também muitos personagens cativantes, entre eles a Meia, Jura, Barnet, Gascogne, muitos outros, e minha preferida: Parfet.
O anime se passa com eles querendo retornar a Mejer, considerando que foram jogados em outra galáxia por conta daquele batalha, foi a própria nave que fez isso.
Além disso tem que enfrentar as frotas inimigas, as naves estranhas que surgem para incomodá-los. Também tem uma coisa que o humanos da Terra estão fazendo e eles querem impedir.

Não vou ficar contando o anime inteiro. Assistam! Super recomendo!
Tem ação, romance e comédia na medida certa.
Vocês podem encontrar Vandread online no Anitube, em japonês e dublado também (vale a pena, a dublagem é boa).

0 comentários :