Afinal, o que é o natal?

terça-feira, 24 de dezembro de 2013


Afinal, o que é o natal?
Alguns dizem que é o nascimento de Jesus, o que não deixa de ser verdade.
Outros dizem que é o dia que o Papai Noel presenteia as crianças, o que também não deixa de ser verdade. Até que você completa uns 12 ou 13 anos.
Mas uma vez, eu perguntei para um ateu (e adolescente): Para você, o que o natal? E ele me respondeu assim: "É a época em que eu me junto com a minha família e nós trocamos presentes e nos divertimos juntos."
Achei uma resposta muito bonita e verdadeira!  E tenho certeza que devem existir muitas outras respostas para esta mesma pergunta, vinda de pessoas de outras culturas, idades e crenças.
Todas estas respostas se unem e constroem a ideia do que o natal seja. Não é só isso ou aquilo!
Primeiramente, o próprio Jesus não nasceu em 25 de Dezembro, esta data é representativa em relação ao aniversário dele. Serve apenas para mostrar que alguém veio com um propósito, que era esclarecer e ajudar a todos nós.
O papai noel é inspirado em São Nicolau, que era um homem que presenteava as crianças pobres, só não me recordo se ele realmente fazia os brinquedos.
E todos os anos, famílias e mais famílias se reúnem para a ceia de natal.
Contudo, o natal não se resume em comida, comida e presente, presente. (E família, família.)
Vocês já perceberam que a atmosfera, o mundo muda nessa época?
As pessoas são tomadas por sentimentos mais nobres, como a solidariedade, por exemplo.
Já aconteceu de se parrarem guerras por causa do natal.
É um tempo em que todos esquecem os problemas, as inimizades e o resto que existe de ruim. Se reúnem para comemorar seja lá no que elas acreditam e aproveitam este tempo.
Este deve ser o tal "Espírito natalino" do qual tanto falam. Uma pena que ele não consiga persistir e existir durante o ano inteiro. Como as coisas mudariam...
Alias, acho que não respondi a pergunta que fiz lá no início: O que é o natal?
Depende, depende de que faz esse natal. Ele pode ter múltiplas formas e significados para as mais diferentes pessoas.
O natal não pode ter um conceito fechado e que foi criado há muitos séculos.
Quem faz o natal somos nós, que vivemos ele, todos os anos. Seja ele sozinho ou com a família, com ou sem presentes, com ou sem uma religião.
O natal é apenas o natal!  Como você quer que ele seja, é apenas com você!

2 comentários :

Rin Hanna disse...

Hey, Ingrid atraves do macbook alheio dazamiga. Achei ultra-fofo esse post, e quer saber o que seria natal pra mim(interrogacao porque esse trem nao tem nada *irritada*) pra mim, natal e quando todo mundo se junta na sala pra fofocar da vida alheia depois da ceia e de rir dos micos dos outros, saem distribuindo abracos e presentes e voce cai e por algum milagre nao se machuca, o que nao rolou ontem a noite, mas era o que rolava nos natais antigos antes da minha tia se mudar, mas sempre tinha um ponto chato nisso, meus amigos nao estavam comigo, e nesse natal, era o garoto que eu amo que fazia essa falta... em momento algum eu deixei de pensar nele... as vezes da vontade de bater nele porque ele esquece de falar comigo... bem, era so isso que eu queria comentar, espero que veja logo e responda, feliz natal e espero que nos encontremos logo, seria um otimo presente de natal/aniversario/primavera/outono/verao/inverno/pascoa/dia das criancas e todo ou qualquer feriado/nao feriado que se possa presentear o/

Ane-chan disse...

Também quero te conhecer pessoalmente, menina. Aproveita e me apresenta o Felipe. hahaha
Feliz natal (de novo!)
Meu natal ontem foi bem como vocês descreveu os seus antigos, aquela coisa em família e tal. Mas é com os meus tios falando merda, então não como não rir!
E eu sei como se sente quanto ao não passar o natal com quem ama, no meu caso com o Ique. E eu vejo pessoas que namoram tem um mês e passam natal junto. Eu e Ique, com 4 anos e meio, nunca passamos um natal ou ano novo junto.
Beijos para tu! E obrigada o comentário! =)